PT | EN

Brexit

Publicado por: Paulo Ferreira em 4/fev/2020 9:54:07

Assinalamos, no passado dia 31 de Janeiro às 23H00, a saída oficial do Reino Unido da União Europeia.

No entanto, até final de 2020 as partes continuarão a negociar os termos da saída operacional do Reino Unido da União Europeia. Até 31 de Dezembro, todas as mercadorias serão tratadas em termos alfandegários como até 31 de Janeiro, não havendo lugar a qualquer tipo de alteração. O mesmo se aplica para as pessoas, que podem continuar a viajar da mesma forma, até 31 de Dezembro de 2020.

 

Neste momento o Reino Unido representa o quarto maior cliente de exportação de produtos de origem Portuguesa, sendo assim é estimado um impacto negativo entres 0,5% e 1% no PIB nacional, segundo o estudo levado a cabo pela CIP.

Segundo o mesmo estudo, no melhor caso cenário, Portugal sofrerá um impacto negativo de 15% nas exportações para o Reino Unido.

No ano 2019 as exportações Portuguesas para Reino Unido alcançaram 8.88 mil milhões de euros, pelo que a quebra para 2020 pode estra representada entre 1.3 mil milhões e 2.3 mil milhões de euros.

 

Estimasse que o maior impacto do Brexit recairá sobre o próprio Reino Unido, onde irá existir um aumento acentuado nos procedimentos alfandegários, prevendo-se fortes constrangimentos e demoras em algumas fronteiras/alfandegas terrestres.

Leia o Estudo da CIP!

Autor: Paulo Ferreira

Paulo Ferreira é o Diretor Geral e fundador da Multicargo. Um empresário com mais de 25 anos de experiência na indústria de transportes e logística. Amplamente reconhecido no setor pelo seu profissionalismo e extensas relações internacionais, tendo uma vasta rede de agentes ao seu dispor com mais de 300 escritórios em 170 países, em todos os continentes.