PT | EN

Porto de Sines a caminho do top-10 europeu.

Publicado por: Multicargo em 4/ago/2020 10:50:55

Construído em 1978 o Porto de Sines sofrerá uma expansão que lhe permitirá duplicar a capacidade instalada de carga contentorizada, as obras serão sobretudo no Molhe Leste com um aumento da extensão do mesmo em 750 metros, esta obra tem conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2023.

Com esta intervenção o Porto de Sines ficará habilitado a receber os 4 maiores porta-contentores do mundo, em simultâneo, com 400 metros de comprimento fora-a-fora, duplicando assim a capacidade instalada do Terminal XXI para 4.1 milhões de TEU*.

Está estimado para esta obra um investimento total de 661 milhões de euros por parte da PSA Sines dos quais 72 milhões tem como destino o alargamento do Molhe Leste.

O Porto de Sines é ao momento líder nacional ao nível de mercadorias movimentadas e o principal porto na fachada ibero-atlântica. Segundo  António Costa e Silva, nomeado pelo governo para ajudar na recuperação da economia pós crise pandémica, o Porto de Sines deverá, no futuro, equacionar a construção de um novo terminal dedicado ao segmento dos minérios, juntamente com o Porto de Leixões, estes minérios serão em particular o lítio, o níquel e o cobalto.

José Luís de Cacho (APS) defende que a pandemia não se fez sentir e o Porto está a funcionar normalmente focado em integrar o top-10 europeu num espaço de 5 anos.

Prevê-se que a expansão do porto seja acompanhada por um outro conjunto de investimentos, entre eles a ligação dos portos à ferrovia.

Para esta obra está previsto um investimento de 16.8 milhões de euros que visam uma alteração da movimentação diária de 24 comboios, de 600 metros de comprimento cada para 36 comboios de 750 metros cada o que significa um aumento da capacidade do Ramal para o dobro, o que se entende ser de grande importância para o acompanhamento do crescimento do Terminal XXI em Sines.

Ligação Sines ao mercado Asiático

Desde abril que a MSC através do operador ferroviário Medway, lançou uma ligação entre Sines e Sevilha, estando este último já em ligação com o mercado Asiático (em particular a China) no âmbito do projeto Belt and Road e da nova Rota da Seda.

*1 Teu corresponde a 1 contentor de 20 pés

 

Como será a economia após o Covid-19_ (16)

Leia também "2 Anos mais cedo que o esperado

Portugal encerra a sua maior

central elétrica a carvão"

Autor: Multicargo